-10%

O Tempo de Sua Graça

26,58 23,92

Categoria: Etiqueta:
isbn

9789896232078

authors

Eyvind Johnson

authors_json

[{"id":8699,"name":"Eyvind Johnson","permalink":"eyvind-johnson","image":"personas/May2019/O0dMfDb0gSJR04kXrbKR.jpg","description":"<p style="text-align: justify;"><strong>Prémio Nobel de Literatura </strong><br /><span>Por uma arte narra­tiva de largos horizontes, que atravessa países e épocas ao serviço da liberdade. </span><br /><span>Eyvind Johnson (1900 – 1976) é um dos maiores narradores da literatura sueca e do século XX europeu. De origens humildes – o seu pai era pedreiro – e oriundo de uma pequena cidade do Norte da Suécia, Johnson foi um autodidacta. Aos catorze anos sai de casa exercendo ao longo dos anos as mais variadas profissões (desde trabalhador braçal a metalurgista) nos mais diferentes lugares. A suas experiências culturais serão maturadas entre Berlim e Paris, estudando o pensamento de Freud e as lições estilísticas de Joyce, Proust e Gide. Os primeiros romances, de fundo autobiográfico, ambientados nas regiões desoladas do Norte da Suécia, foram mais tarde recolhidos no ciclo Romanen om Olof (O romance de Olof, 1934-1937); a subsequente trilogia romanesca, Krilonromanen (O romance de Krilon,1941-1943), é caracterizada por uma profunda amargura perante o nazismo e pela firme oposição ao totalitarismo. Será sobretudo nas suas obras publicadas depois da Segunda Grande Guerra, como Strändernas Svall (O regresso a Ítaca, 1946), Drömmar om rosor och eld (Sonho de rosas e fogo, 1949) e O tempo de sua graça, 1960), que exprimirá, através do romance histórico, a sua mais verdadeira arte e o tema mais profundo desta: a infatigável defesa do indivíduo contra a violência da História. A obra deste importante autor estava até hoje inédita em Portugal.</span></p>","gender":"M"}]

edition_number

1

publish_date

julho 2015

number_of_pages

536

cover_type
dimensions

150 X 225

garanteed_price
pdf_file_name
Promoção Atual

-10%

Descrição

No fim da Quaresma do ano de 775, um ano depois de o exército franco ter atravessado os Alpes, cercado Ticinum (Pavia) e ocupado o reino longobardo, e de Carlos Magno ter recebido das próprias mãos do arcebispo de Mediolanum (Milão) a simbólica coroa de ferro e o título Gratia Dei Rex Francorum et Longobardum, abrindo-lhe as portas de Roma e do futuro império – um dos maiores que a Europa conhecerá -, cresce o descontentamento e nascem ideias de revolta em diversos ducados longobardos recém-subjugados. Contudo, no momento de passar aos actos, será somente Rodgaud, duque de Friuli, a agarrar em armas contra o imperador. A revolta será impiedosamente  esmagada e o revoltoso duque e a sua família, alvo de castigo exemplar. Muitos anos depois, será ainda a memória destes funestos acontecimentos e a sua duradoura influência no destino de cada um dos seus protagonistas a assombrar a crónica de Johannes Lupigis, secretário pessoal e biógrafo do imperador.

Brilhante romance histórico, cuja acção decorre entre os séculos VII e IX, em pleno império carolíngio – um dos maiores que a Europa conheceu, O tempo da Sua Graça sobrepõe textos da Alta Idade Média (como a Historia Longobardorum de Paulo, o Diácono, ou a Vita Karoli, de Eginardo) à invenção literária para tecer um singular e notável mosaico de vozes e silêncios, ficção e realidade.

Informação adicional

isbn

9789896232078

authors

Eyvind Johnson

authors_json

[{"id":8699,"name":"Eyvind Johnson","permalink":"eyvind-johnson","image":"personas/May2019/O0dMfDb0gSJR04kXrbKR.jpg","description":"<p style="text-align: justify;"><strong>Prémio Nobel de Literatura </strong><br /><span>Por uma arte narra­tiva de largos horizontes, que atravessa países e épocas ao serviço da liberdade. </span><br /><span>Eyvind Johnson (1900 – 1976) é um dos maiores narradores da literatura sueca e do século XX europeu. De origens humildes – o seu pai era pedreiro – e oriundo de uma pequena cidade do Norte da Suécia, Johnson foi um autodidacta. Aos catorze anos sai de casa exercendo ao longo dos anos as mais variadas profissões (desde trabalhador braçal a metalurgista) nos mais diferentes lugares. A suas experiências culturais serão maturadas entre Berlim e Paris, estudando o pensamento de Freud e as lições estilísticas de Joyce, Proust e Gide. Os primeiros romances, de fundo autobiográfico, ambientados nas regiões desoladas do Norte da Suécia, foram mais tarde recolhidos no ciclo Romanen om Olof (O romance de Olof, 1934-1937); a subsequente trilogia romanesca, Krilonromanen (O romance de Krilon,1941-1943), é caracterizada por uma profunda amargura perante o nazismo e pela firme oposição ao totalitarismo. Será sobretudo nas suas obras publicadas depois da Segunda Grande Guerra, como Strändernas Svall (O regresso a Ítaca, 1946), Drömmar om rosor och eld (Sonho de rosas e fogo, 1949) e O tempo de sua graça, 1960), que exprimirá, através do romance histórico, a sua mais verdadeira arte e o tema mais profundo desta: a infatigável defesa do indivíduo contra a violência da História. A obra deste importante autor estava até hoje inédita em Portugal.</span></p>","gender":"M"}]

edition_number

1

publish_date

julho 2015

number_of_pages

536

cover_type
dimensions

150 X 225

garanteed_price
pdf_file_name
Promoção Atual

-10%