• AUTOR Ali Smith
  • ISBN 9789898864451
  • 1ª EDIÇÃO

    outubro de 2018

  • EDIÇÃO ATUAL

    1

  • PÁGINAS

    288

  • APRESENTAÇÃO

    capa mole

  • DIMENSÕES

    153x235x14,5

    mm
  • PREÇO 19,99 IVA incluído
  • preço livre
Etiqueta:

«Deus estava morto: para começar. A cortesia estava morta. A poesia, a prosa, a pintura, todas elas estavam mortas, e a arte estava morta. A literatura estava morta. O amor estava morto. A morte estava morta. Muitas coisas estavam mortas. Imagine que é assombrado pelos fantasmas de todas estas coisas mortas.»

Inverno: desolação, vento gelado, tempo dos dias mais curtos e das noites mais longas, das árvores despidas e do frio; mas é também o inverno que torna visíveis todas as coisas até então invisíveis. Em vésperas de Natal, quatro pessoas reúnem-se numa grande casa de campo, com vista para o mundo da pós-verdade: Sophia, de 70 anos de idade, perseguida por uma cabeça sem corpo, o seu filho, Art, a braços com o final da relação com Charlote, sua namorada de longa data, Lux, uma emigrante croata que ele contrata para a substituir, e Iris, irmã de Sophia, com quem não fala há décadas.

Eis a época que nos ensina a sobreviver. Eis o Inverno.

«Herdeira de Virginia Woolf, Ali Smith reinventa o romance de uma forma subtil e decisiva. (…) Tem provado, a cada livro, que a única coisa previsível na sua extraordinária obra é a certeza da reinvenção.» – The Telegraph

«Inverno é um romance de uma raiva feroz, terna e justa, e de uma generosidade que Dickens reconheceria.» – The Guardian