-10%

A Campanha do Argus

26,58 23,92

Categoria: Etiqueta:
isbn

9789896231873

authors

Alan Villiers

authors_json

[{"id":8736,"name":"Alan Villiers","permalink":"alan-villiers","image":"personas/May2019/QqLCTtE510d1Tv3g11c9.jpg","description":"<p style="text-align: justify;"><span><strong>Alan John Villiers</strong> nasceu em Melbourne, na Austrália, em 1903. Oficial de Marinha e repórter de temas marítimos, granjeou fama com os seus artigos no National Geographic Magazine e em diversos jornais australianos e britânicos. Fascinado pela vela transatlântica, realizou filmes documentais e escreveu mais de uma dezena de crónicas de viagens maríti­mas. Editados na Grã-Bretanha e nos EUA, os seus livros conheceram traduções em diversas línguas. Em 1951, resultado de uma encomenda das autoridades portuguesas, deu a conhecer ao mundo a pesca do bacalhau por homens e navios portu­gueses. The Quest of The Schooner Argus, cuja tradução portuguesa saiu no mesmo ano, foi das suas principais obras, certa­mente a mais divulgada no estrangeiro, mercê dos esforços do aparelho de propa­ganda salazarista. Alan Villiers faleceu em Oxford, em 1982.</span></p>","gender":"M"}]

edition_number

4

publish_date

março 2014

number_of_pages

384

cover_type
dimensions

165 X 235 X 30

garanteed_price
pdf_file_name
Promoção Atual

-10%

Descrição

Edição amplamente ilustrada com nova encadernação

Prefácio de Álvaro Garrido, Historiador e Consultor do Museu Marítimo de Ílhavo

A Campanha do Argus, de Alan Villiers, é um clássico da literatura marítima mundial. Numa escrita límpida e envolvente, este oficial da Armada australiana, pre­sença assídua nas páginas do National Geographic Magazine do segundo pós-guerra como repórter das «coisas de mar», escreveu uma narrativa de viagem de um dos mais belos veleiros da frota bacalhoeira portuguesa, o Argus.

«A projeção internacional do livro foi tal que teve tradução em mais de uma dezena de línguas. Reeditá-lo, a mais de cinquenta anos de distância da primeira edição, é um acontecimento cultural de maior importância. Além de um belo e minucioso memorial de pesca do bacalhau com dóris de um só homem, A Campanha do Argus permite entender os múltiplos significados deste património marítimo singular e desvendar a relação interessada do Estado Novo e do seu aparelho de propaganda com o drama épico da pesca do bacalhau.» ? Álvaro Garrido, historiador

Informação adicional

isbn

9789896231873

authors

Alan Villiers

authors_json

[{"id":8736,"name":"Alan Villiers","permalink":"alan-villiers","image":"personas/May2019/QqLCTtE510d1Tv3g11c9.jpg","description":"<p style="text-align: justify;"><span><strong>Alan John Villiers</strong> nasceu em Melbourne, na Austrália, em 1903. Oficial de Marinha e repórter de temas marítimos, granjeou fama com os seus artigos no National Geographic Magazine e em diversos jornais australianos e britânicos. Fascinado pela vela transatlântica, realizou filmes documentais e escreveu mais de uma dezena de crónicas de viagens maríti­mas. Editados na Grã-Bretanha e nos EUA, os seus livros conheceram traduções em diversas línguas. Em 1951, resultado de uma encomenda das autoridades portuguesas, deu a conhecer ao mundo a pesca do bacalhau por homens e navios portu­gueses. The Quest of The Schooner Argus, cuja tradução portuguesa saiu no mesmo ano, foi das suas principais obras, certa­mente a mais divulgada no estrangeiro, mercê dos esforços do aparelho de propa­ganda salazarista. Alan Villiers faleceu em Oxford, em 1982.</span></p>","gender":"M"}]

edition_number

4

publish_date

março 2014

number_of_pages

384

cover_type
dimensions

165 X 235 X 30

garanteed_price
pdf_file_name
Promoção Atual

-10%