José Pires

José Pires

José Dias Pires, natural de Castelo Branco, onde vive. Foi professor de todos os níveis de ensino, tendo concluído a sua vida profissional no ensino superior na Escola Superior de Educação de Castelo Branco, da qual foi director. É autor de, entre outros títulos, Manifesto do Imaginário (2000, Alma Azul), Sonhar com Comenius (2005, Alma Azul), Os Lápis Transmaginadores e os Segredos do Castelo Azul (2007, SGProject), A Viagem ao País dos Bobis, Gatália e Ratolândia (2008, Pais & Companhia), e As Cadeiras de Tiago (2009, edição de autor para o Grupo de Teatro Váatão).

Tem-se dedicado, desde 2011, à tradução de literatura infantojuvenil. Assume a função de Comissário do Festival Literário de Castelo Branco desde 2012. Gosta de escrever — dançar com as palavras, conforme a música, conforme a vida, quando rompem as manhãs, não importa a que horas do dia.

Tem-se dedicado também às artes plásticas ver http://pirilampejar.blogspot.com/.

Do/a mesmo/a autor(a):